Satélite quântico chinês

O satélite chinês Micius, lançado em 2016, conseguiu prover criptografia a dois lugares afastados 7.400 km um do outro.

A criptografia quântica é virtualmente inquebrável. Ela aproveita a característica dos sistemas quânticos, de que o ato de observar muda a realidade.

A observação causa o colapso da função de onda, assim, alterando o experimento.

Entretanto, não só o observador altera o experimento, mas também o meio-ambiente. Por isso, a comunicação quântica deve ser feita de forma a eliminar possíveis interferências, o que não é nada fácil. A matéria não diz exatamente como o satélite faz para evitar erros.

https://www.tecmundo.com.br/seguranca/154206-satelite-quantico-chines-cria-conexao-segura-mundo.htm

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s